contador free
ci@canaldeinteligencia.com

Ser Bombeira – Débora Costa

É saber que malhar é necessário pra aguentar o serviço operacional, que correr é essencial pra ter condicionamento físico e que o descansar na folga é questão de necessidade (isso se não tiver escala extra).

Escolhi um dos quartéis que mais brada no DF e sei que isso me custa muitas noites em claro, mudanças no metabolismo e até mesmo alguns anos de vida.

Sim, sinto o peso do serviço na pele. Por mais que alguns dias não brade tanto (o que é raro), você está sempre esperando o brado, você até mesmo no quartel tem treinamentos e simulados, você está sempre à disposição pra tudo e pra todos.

Pra ser bombeira tem que ter a cabeça no lugar, pq a família e os amigos dificilmente irão entender a sua jornada. Mas nós, que somos, sabemos o quão árduo e prazeroso é o correr do sangue bomberístico nas veias.

Ser bombeira é entrega, é estar sempre preparada pra qualquer situação.

Só sei que o fardo é pesado. Muitos querem, mas poucos podem.

O mais importante nisso tudo é saber que cada “salvar” quem faz é Deus por meio de nós. Deus que nos guarda, nos protege e nos usa pra fazer a sua vontade e eu sou ainda mais agradecida por isso.

Débora Costa – Bombeira Militar e Atleta

Dicas da PM para cidadão desarmado

 As estatísticas mostram que para sobrevivermos: 90% é prevenção, 5% é reação e 5% é sorte.

Então vamos lá:

1. Fumê/Insulfilm é questão de segurança pessoal (se o bandido não sabe o que se passa dentro do carro ele pensa duas vezes em abordá-lo).

2. Observar sempre quando tiver em baixa velocidade e for parar. Por exemplo em semáforo. Parar longe pra ter espaço e tempo pra acelerar se acontecer algo suspeito ou ter tempo para pensar em alguma reação. Tá vendo que o sinal vai fechar já fique lá atras se preparando. Os primeiros são os principais alvos.

3. Uso de celular dentro do carro pra ver Facebook e Whatsapp é pedir pra ser assaltado. Se for ser abordado ainda leva um susto e tem chance de morrer.

4. Ao chegar em casa sempre esperar no meio da rua em paralelo ao portão até abrir completo para entrar para ter zona de escape. Continue

Uma pessoa boa pode se tornar má?

Uma pessoa “boa” pode se tornar má? Experimento de aprisionamento de Stanford.

.

Se você acredita que a maioria das pessoas são boas, talvez você esteja “completamente errado”, se você acredita que nem todo mundo tem vocação para o mal, este artigo talvez te prove o contrário.

Os cientistas gostam de saber quais são os nossos limites e para saber se todas as pessoas têm disposição para o mal, foi feita uma pesquisa muito estranha…

Continue

Pistas sobre sua vida

As pistas em uma batalha cibernética

Todo mundo deixa pistas sobre sua vida: roupas, acessórios, objetos pessoais, recibos entre muitas outras. Um bom detetive sabe que a soma destes dados fala muito sobre uma pessoa. No mundo cibernético acontece a mesma coisa.

Os equipamentos são preparados de forma a deixar rastros que aconteceram com eles por um longo período de tempo. Logo, é possível usá-los para investigações.

Continue

Inteligência Artificial no ambiente de trabalho

Inteligência Artificial no ambiente de trabalho deve ser adotada, não temida!

Inteligência Artificial no ambiente de trabalho deve ser adotada, não temida!

Há alguns anos, ninguém imaginaria ser possível um dia conversar com um computador capaz de entender perfeitamente a fala humana.

… No Brasil, as aplicações de inteligência artificial já são bastante diversas e os jovens cientistas brasileiros são considerados internacionalmente promissores.

O neurocientista Miguel Nicholelis é reconhecido em todo mundo pelo desenvolvimento do exoesqueleto humano e muito premiado por suas pesquisas sobre biotecnologia.

No Ministério da Transparência (antiga Controladoria Geral da União – CGU), um sistema de IA capaz de mapear o risco de servidores públicos federais envolverem-se em casos de corrupção possui um alto índice de assertividade.

No projeto, 18 bancos de dados fornecem 4,4 mil atributos únicos sobre os funcionários públicos. Quando combinadas, essas informações geram mais de 60 mil atributos, que são analisados, baseados em perfis já existentes, e determinam as chances de alguém se envolver em uma falcatrua. Continue

Satélite ajudará aviões a evitar turbulências

Satélite mais avançado do mundo

Satélite ajudará aviões a evitar turbulências

Descrito como o “satélite meteorológico mais avançado do mundo”, o GOES-R foi lançado ao espaço com a promessa de monitorar de perto eventos extremos como tufões, tornados, nuvens de cinzas vulcânicas e tempestades de raios, além de eventos do clima espacial, como tempestades solares.

… De particular interesse da aviação, o satélite deverá fornecer os primeiros mapas tridimensionais das “ondas de nuvens” que provocam turbulência durante os voos, e que são mais difíceis de prever do que as tempestades de raios.

Isto significa que os raios intra-nuvens serão monitorados em tempo integral, graças a um equipamento que consegue enxergar abaixo das nuvens cirrus, que obscurecem a visão de outros satélites. Continue